Notícias

Centrais fazem ato contra fome e entregam propostas ao Congresso

Compartilhar por:
SEC Matão e Taquaritinga - Centrais fazem ato contra fome e entregam propostas ao Congresso


As Centrais Sindicais realizam nesta quarta (26) ato no Congresso Nacional contra a fome, por vacina em massa e Auxílio Emergencial de R$ 600,00.

Segundo Ricardo Patah, presidente da UGT, o objetivo é sensibilizar os paralamentares para a situação de desespero que enfrentam milhões de brasileiros, que sequer têm o que comer.

Os sindicalistas pedem a votação da Medida Provisória 1.039/2021, que aumenta o valor do Emergencial. “Famílias estão passando fome. Não tem como alguém sobreviver com R$ 150,00, que não compra nem uma cesta básica”, afirma Patah.

A defesa da MP faz parte da Agenda Legislativa dos Trabalhadores que os dirigentes devem entregar aos presidentes da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG).

documento, elaborado em conjunto com o DIAP, traz 24 propostas em discussão no Congresso que consideram merecer atenção prioritária do Poder Legislativo.

Entre as propostas estão aumento do Auxílio Emergencial de R$ 250,00 (valor intermediário) para R$ 600,00, além de aumentar a população contemplada de 40 milhões de pessoas para 70 milhões; Proteção ao emprego, com extensão do Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda; Exclusão de educação, saúde e segurança pública do Teto de Gastos.

Assinam as propostas: CUT, Força Sindical, UGT, CSB, NCST, CTB, Pública, CGTB, Intersindical e CSP-Conlutas. Clique aqui e leia.

Transmissão – Pelas redes das Centrais e entidades parceiras. Entre elas, a Agência Sindical.

Programação – Às 8 horas, chegam os caminhões de som ao Congresso Nacional. Às 9 horas terá a passagem pela tenda de protocolo sanitária. Às 10 horas, iniciam as falas, com participação de dirigentes sindicais e parlamentares. A partir das 11h30, os sindicalistas farão a entrega da Agenda Legislativa da Classe Trabalhadora no Congresso.

Fonte: Agência Sindical

1